Destaque, Papo de Preta

SENTIR DEMAIS NÃO É FRAQUEZA

22 de junho de 2018

Sempre quis entender o porquê dessa nossa lei sentimental ter virado regra. Quem sente menos é forte e quem sente demais é fraco.

Demonstrar sentimentos viraram sinônimos de fraqueza, de carência, de gente que quer chamar a atenção, de gente que não sabe ser discreto, que quer se expor. Será que a depressão não é um fator que vem crescendo junto com essa guerra fria de sentimentos?

Eu não me importo, eu não te ligo, eu não puxo assunto, eu não resolvo, eu não respondo, eu não visualizo? Isso é ser forte pra vocês?

A tela do celular se tornou palco de egos, onde as pessoas estão perdidamente apaixonadas mas esperam uma atitude do outro. “ Mas e se ele não corresponder, e se ele não gostar? Vou fazer papel de bobo?”. Olha, pra mim, papel de bobo é fingir sentimentos negativos.

Não queremos sentir coisas boas, porque as coisas boas nos deixam vulneráveis. Ninguém quer estar desprevenido né? Ninguém quer ser pego de surpresa, porque ser pego de surpresa pode ser bom ou ruim. Então preferimos estar sobre o controle das coisas e estar no controle quer dizer não se apegar, não demonstrar, não dizer que ama.

Sentir muito não é a melhor coisa do mundo, você se arrisca demais, as pessoas nunca te entendem e você é vista como fraca. As pessoas acham que você é louca apenas por sentir a dor de alguém. As pessoas te perguntam  “ porque você se importa?” só que elas não param pra pensar que a pergunta certa seria, “ porque você NÃO se importa?”.

Se importar é pros fortes, ligar é pros corajosos, puxar assunto é para os interessados, resolver é para os confiantes, responder é para os educados. Sinta mesmo e se permita sentir sempre. Se jogue nos seus sentimentos, você vai ser julgado, você vai levar muito na cara, mas você sente e isso é raridade em um mundo tão congelado em que pais matam filhos brutalmente, em que crianças morrem como um animal na rua, em meio guerras que destroem milhares de pessoas, entre pessoas que só preferem brincar com o sentimento dos outros, entre outros que fingem não sentir nada e morrem engasgados por isso. Em meio a tanta frieza, a tanto ego você ainda sabe o que é sentir, você ainda se preocupa, o seu coração bate pro bem, o seu coração dói para a maldade.

Muitos podem dizer que isso é fraqueza mas a realidade é que estamos indo contra a maré, enquanto eles vivem uma força falsa e superficial nós vivemos profundamente mergulhados em um mar imensurável de amor. Amor é a cura mas pouca gente tem a dose!

Você Também Pode Gostar De