Destaque, Papo Cristão

O Cristianismo e o discurso de Ódio

28 de março de 2018

Antes de falar sobre esse assunto preciso enfatizar que sou cristã.

Os cristãos no Facebook

Atualmente eu tenho observado alguns perfis de pessoas cristãs que estão na minha rede de amigos. Neles estão incluídos levitas, pastores, músicos e etc… A maioria com berço cristão. E tenho ficado totalmente perplexa e preocupada com o tipo de post que acabei lendo durante essas semanas.

Eu poderia dizer apenas como uma mulher negra o quanto alguns textos escritos por pessoas que cresceram na igreja comigo, me ofenderam profundamente. Dizer como mulher negra o quanto muitos que estão ao meu redor foram racistas e horríveis em seus pronunciamentos. Mas resolvi escrever esse texto não só como uma mulher negra e sim como uma cristã que tem entendido o cristianismo fora das quatro paredes.

Eu demorei pra entender que o cristianismo era sobre Jesus. E que Jesus era muito diferente do que eu estava aprendendo com a religiosidade.

Quando observo cristãos postando discursos de ódio a semana inteira no Facebook, me pergunto como são suas adorações aos domingos. Como podemos acreditar de que rir da morte de alguém, profanar mentiras e preconceitos a semana inteira e ir a igreja no domingo nos dará a Salvação? Quando vamos entender que ser um seguidor de Cristo não é sobre quem somos dentro da igreja e sim, quem somos fora dela?

Eu consegui  sentir o ódio em cada frase dita, a raiva, os xingamentos, os preconceitos que estão enraizados em nossas instituições aflorando em cada texto postado. São frases que assustam, que dão medo e o pior de tudo, que não nos trás um bom testemunho.

O testemunho de um cristão

Eu cresci ouvindo essa frase: “ Stéphani, sempre dê um bom testemunho”. E depois de me preocupar estritamente em como as pessoas da igreja me enxergavam, eu entendi que um testemunho é sobre como o mundo te enxerga. Não adianta pregarmos muito na igreja e fora dela apoiarmos a pena de morte. Não adianta dar a paz para todos na igreja e fora dela sermos racistas. Isso é hipocrisia.

Em Mateus 5, Jesus diz:’’Vocês são a luz para o mundo’’. Ou seja, ele não disse sejam luz para a igreja. Não adianta ser luz na igreja e ser a própria escuridão fora dela. Uma vez na minha amada igreja eu ouvi algo que me marcou muito: “ Não estamos aqui na terra para sermos luz junto com outras luzes, muita luz junta se resulta em quem quer brilhar mais. Estamos aqui para ser luz na escuridão, temos que ser luz fora da igreja, ou então, de nada vale seguir a Cristo.”

Por esse motivo o discurso de ódio, a fala que tenta diminuir a luta das minorias, a falta de amor, a falta de empatia, a falta de comunhão com o próximo, a ira,  a falta de respeito, a falta de tentar entender o próximo, não são coisas  de quem deveria ser luz.

Se o que eu digo continua sendo menos importante pra você, deixo o que a bíblia diz sobre isso:

Se alguém afirmar: “Eu amo a Deus”, mas odiar seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê.     

1 João 4:20

Quem afirma estar na luz mas odeia seu irmão, continua nas trevas. Quem ama seu irmão permanece na luz, e nele não há causa de tropeço. Mas quem odeia seu irmão está nas trevas e anda nas trevas; não sabe para onde vai, porque as trevas o cegaram.

1 João 2:9-11

Vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados: “Não mate. Quem matar será julgado.” Mas eu lhes digo que qualquer um que ficar com raiva do seu irmão será julgado. Quem disser ao seu irmão: “Você não vale nada” será julgado pelo tribunal. E quem chamar o seu irmão de idiota estará em perigo de ir para o fogo do inferno. Portanto, se você estiver oferecendo no altar a sua oferta a Deus e lembrar que o seu irmão tem alguma queixa contra você, deixe a sua oferta ali, na frente do altar, e vá logo fazer as pazes com o seu irmão. Depois volte e ofereça a sua oferta a Deus.

Mateus, 5:21-23

O que as pessoas tem enxergado em você?

Comente aqui embaixo e compartilhe <3

 

Você Também Pode Gostar De